Views

Wormholedeath
Maio 2021

Dico

Os All Against de 2021 estão bem vivos, muito obrigado, e mostram um enormíssimo dedo do meio à pandemia e à sociedade hostil onde vivem (“Fuck it All” não deixa muitas dúvidas). Sem rodeios, vão diretos ao assunto e agarram pelos colarinhos o thrash metal de inspiração hardcore que lhes molda os temas.

A evolução face ao EP “Feed the Machine” é óbvia e revela um coletivo particularmente bem-oleado que, embora já houvesse encontrado o seu próprio som, o eleva aqui a um novo patamar. Seja em up-tempo (“Wake Up”, “Soldiers of Faith”, “I Am Alive”) ou mid-tempo (“Fuck it All”), a banda entrega temas dinâmicos, em que não faltam mudanças rítmicas e ganchos sugestivos (“Masturbation”, “Fuck it All”).

A já conhecida “Sociedade Hostil” tem aqui nova roupagem e revela ter “amadurecido”, continuando a ser um hino incontestável para espetáculos ao vivo, assim a pandemia permita um maior acesso aos palcos.
Tecnicamente e a nível de composição encontramos, portanto, uma banda em crescendo, a cuja evolução vai ser bastante interessante continuar a assistir.

All Against – “I Am Alive”

Discos |