Views

Zero Dimensional Records e Larvae Records
Agosto 2021

Manuel Joaquim

IV anos após a sua estreia discográfica com o EP “Anxiety Volume I” os Angst regressam aos discos em 2021, com o seu primeiro longa duração em formato CD e K7 denominado “The Vile”, com lançamento conjunto das editoras Zero Dimensional Records e Larvae Records.

Neste “The Vile”, saído no passado dia 28 de Agosto, temos 8 temas de black metal diversificado com influências tão variadas que vão desde o black tradicional, viking ou o post black metal. Em termos de velocidade por aqui as coisas vão um pouco dentro do mid/fast tempo (muito mais do primeiro).

A voz está no espectro black/death metal, por vezes com toques post, e coros a fazerem lembrar um pouco viking metal e a vangloriarem hinos blasfémicos e satânicos, pois em todas as faixas a palavra Satan está presente.

Os títulos dos temas são simples números, em forma de numeração românica, fórmula já algo vista e repetida. A informação sobre a banda é escassa pois a identidade dos músicos e a sua localidade é mantida em segredo, apenas sendo disponibilizada a nacionalidade. Penso eu que para manter toda uma bruma de secretismo em torno do coletivo musical e da sua sonoridade e assim poder criar um maior um impacto no meio musical… Também aqui uma formula já gasta e quanto a mim se começa a tornar numa moda no meio black metal… ups! Não devia escrever isto para ser politicamente correto mas estou mais interessado na música que nos mistérios que as bandas querem criar em torno delas.

Os Angst, de acordo com a forma como se descrevem no bandcamp tocam black metal em estado puro, emanado das profundezas do inferno carregado com as energias mais escuras e honráveis dos filhos de Satanás. Pelo que disse atrás, dá para adivinhar que discordo em muito desta afirmação de “black metal em estado puro”. Se isso poderá ser aplicado, em parte, a alguns temas, sobretudo aos dois primeiros, o mesmo não se poderá a todo o disco.

Pessoalmente, este é um ótimo disco mas torço o nariz à falta de informação disponibilizada, mas o importante é a música e essa – como diria a juventude – É TOP!

Angst – “The Vile”

Discos |