Views

“Deixem lá os putos tocar”

Os Pé d’Cabra, formados entre Alverca do Ribatejo e Vialonga no início dos anos 80, tiveram a existência efémera, meteórica, mesmo, que caracterizou inúmeros grupos surgidos no âmbito do boom do Rock Português em busca de sucesso imediato.

Deixaram um único registo, o single “Deixem os putos tocar”, e deles muito pouco se sabe. Eram constituídos por Carlos Pereira (voz), Luís Gomes (guitarra), António “Tanoca” Pereira (baixo), João Ferreira (teclados) e José Pinto “Casquinha” (bateria).

“Deixem os putos tocar” [Metro-som, 1981]

A letra do tema-título, inocente e até confrangedora (“deixem os putos tocar/o rock da pesada”, “deixem os putos ouvir/ o som desta ou daquela banda”, escrita por Luís Gomes) contrastam com a da “Música Operário”, mais elaborada e com assinatura de Carlos Barquinha.

Também a nível musical este tema se apresenta num patamar bastante superior, revelando que, apesar da excelência interpretativa (encontramo-nos perante músicos de elevado gabarito), “Deixem os putos tocar” não terá sido a melhor escolha para tema principal do single.

Efetivamente, o rigor técnico (abundam os solos de guitarra e teclados, por exemplo) só tem verdadeiramente correspondência na qualidade de composição em “Música Operário”, tema de andamento heavy metal em que se distinguem algumas influências de blues.

Mais alguma paciência na procura do sucesso e, quem sabe, os Pé d’Cabra nos tivessem proporcionado mais boa música, dado que a margem de progressão era fracamente boa.

Dico
08.10.2021

Arqueologia Metálica #5 | Pé d’Cabra

Arqueologia Metálica |