Inhuman ‎- Strange Desire 

“O deleite mais negro…” 

Por Phil Peres

Após a fantástica e única maquete “Pure Redemption,” os Algarvios Inhuman presentearam os ouvintes com “Strange Desire”, álbum de estreia editado em 1996 pela Art Music em CD. Um disco que se destacava muito a nível nacional e mesmo internacional, a meu ver. Mescla, de forma exemplar, o Death e o Doom e até mesmo algum Black através de notas de teclado hipnotizantes, voz melancólica e riffs imersivos. Uma viagem surreal durante sensivelmente 45 minutos. Para mim um dos maiores e melhores discos da nossa música Extrema. Dois anos mais tarde, dirigir-se-iam a Inglaterra para gravar o seu segundo LP, “Foreshadow”, com Simon Efemey (assim como os R.A.M.P com o” E.D.R.”) cujo trabalho vai desde os Paradise Lost aos Napalm Death. Para promover esse disco gravaram um videoclip. Infelizmente o vocalista Pedro Garcia saiu da banda, sendo substituído pelo vocalista dos Bell Witch (que relembrarei noutro baú) e, pouco tempo depois, terminaram. Em 2017 este álbum viu ser reeditado em formato CD-Digipak pela Chaosphere Recordings com os temas da demo Pure redemption como bónus. Um “must have”  No final do ano passado a banda voltou aos discos e trouxe-nos, pela Alma Mater Records, o álbum intitulado “Contra”.

Baú do Dr. Phil #32: Inhuman ‎- “Strange Desire”

Baú do Dr. Phil |