Desire – “Pentacrow …Misanthropic Tragedy…”

O desejo pelo Corvo

Por Phil Peres

Em 1992 nasciam em Lisboa os Incarnated, praticantes de um Doom/Death negro, lento e fúnebre. Em 1993 editam a promo-track intitulada “Death Blessed By a God”, que viria a ser incluído neste “Pentacrow” na sua versão original, cinco anos depois já como Desire. Este disco seguiu-se ao disco de estreia “Infinity”, editado em 1996, e é com um tema deste trabalho que começa o “Pentacrow”: “A Ride in a Dream Crowe,” uma das minhas faixas preferidas da banda, com um total de 11 minutos e produzido por Luis Barros nos seus Rec’n’Roll Studios. De seguida temos aquele que para muitos é o hit de Desire, nada mais nada menos que “Solitude”, um original dos suecos Candlemass, uma das grandes covers jamais feitas em Portugal. A seguir temos o tema “When Sorrow Embraces My Heart”, divido em três partes (movimentos) de cinco minutos cada, um dos momentos mais belos e mais pesarosos (no bom sentido), bastante lento e com bastantes vozes femininas e algumas partes sussurradas em Português. Depois temos então “Death Blessed By a God”, o tal tema repescado aos Incarnated, a outra encarnação da banda e também o tema mais primário e básico da banda. O disco termina com “The Crow Shelter”, um tema instrumental e que fecha o disco em beleza, perfazendo assim mais de 46 minutos de música. Disco limitado a mil cópias em CD e sem qualquer reedição até ao momento, um item bastante procurado quer por fãs mais novos, quer por mais antigos.

Baú do Dr. Phil # 57: Desire – “Pentacrow”

Baú do Dr. Phil |