Views

Firecum Records
Abril 2021

Dico

Quando assistimos a um concerto ou ouvimos um disco dos Booby Trap sabemos exatamente o que esperar: integridade, genuinidade, descomprometimento, muita diversão bem regada a álcool e uma saudável atitude “vão-se todos foder!”

O amor desinteressado ao underground é outra característica do quarteto aveirense que, ao ser chamado a contribuir para uma causa, grita “presente!” sem hesitar. Foi isso que sucedeu com a presente edição em CD.

“Live at MTV (Metalpoint Television)” é a gravação de um concerto realizado, já em plena pandemia, no Metalpoint (Porto) e posteriormente transmitido em streaming. A verba resultante das vendas do álbum reverte na totalidade para o Metalpoint, visando ajudar a custear os encargos de manutenção daquele espaço na sequência da crise pandémica.

Ao longo de 11 temas a banda centra o alinhamento essencialmente nos dois últimos registos, o álbum “Stand Up and Fight” (com o tema-título, “Set the World on Fire” e “O Bom, o Mau e o Filho da Puta”) e o split “Bastards United” (com “Find a Way” e “No More”), havendo ainda espaço às micro-descargas grind “A Deep and Emotional Extreme Dislike Randomly Directed Against Generic Idiots” e “I Love You”, que tão bem ficam sempre num espetáculo dos maiores representantes nacionais do Crossover.

“Ace of Spades”, dos Motörhead, é outro ponto alto de um registo que facilmente poderia ser duplo, dada a já relativa extensão do fundo de catálogo dos Booby Trap, se considerarmos também os splits e os EP’s, bem como as demos do início de carreira.

Booby Trap – “Live at MTV”

Discos |