Views

Firecum Records
Maio 2021

Adelino Oliveira

Cães de Guerra é o projeto de duas mentes perversas no bom sentido e certamente possuídas! Em que 7 Peles e Furcas libertam fúria musical e litúrgica blasfema, insana, mas carregada de verdades ditas sem filtros e em bom português. Musicalmente o álbum deambula pelo heavy, thrash e speed metal, com bons solos e riffs de guitarra, uma voz corrosiva por vezes esquizofrénica e de onde sai a maior riqueza do álbum. Claramente é um disco descomprometido, onde se nota descontração, diversão e prazer naquilo que foi feito. Não sendo perfeito em termos de produção, em que a mesma não me parece constante entre algumas músicas, mas tal não compromete o resultado final, que no global é muito bom.

Carregado de bons temas destacaria “Soltem os Cães de Guerra”, “XF17 Motorizada Infernal”, “Vício Speed”, “Sede de Vingança” ou “Pandemia” e qualquer um deles capaz de causar danos na plateia se tocado ao vivo e que espero um dia ter o prazer de ver!
Não poderei deixar de destacar a espetacular capa do álbum, que no fundo reflete aquilo que se ouve e fica a dúvida se a donzela de garrafão é a “Mimi, Chupa Aqui!”.
No final da audição ficamos com aqueles refrões demoníacos na cabeça e só apetece sair à rua e gritá-los descontroladamente!

Cães de Guerra – “Cabras, Cães e Leite de Bode”

Discos |