Views

Nascidos em 1999, em Biscaia, província de Espanha no norte da comunidade autónoma do País Basco, os Vhäldemar visitarão o nosso país em agosto para atuarem no XIIIº Milagre Metaleiro Open Air (dias 26, 27 e 28) e mostrarem toda a vitalidade do seu power metal.

Indo um pouco às origens, o nome Vhäldemar surge de uma das primeiras canções que Carlos Escudero (vocalista) escreveu para a banda e que se chamava “Vhäldemar”, tema inspirado no Rei com o mesmo nome.

Uma das características diferenciadoras de Vhäldemar é a voz de Carlos Escudero, uma voz arranhada, com “sujidade”, diferente do que é habitual no power metal, mas que não lhe retira melodia nem beleza.

Dois anos após a sua formação, gravam uma demo, e editam o primeiro álbum, “Fight to the End”, em março de 2002, pela Arise Records. Este contrato permite que este álbum de estreia seja editado na Europa, Japão, Rússia, América Latina e EUA. Com uma edição de estreia tão amplamente divulgada, a banda não tardou muito em gravar o segundo álbum “I Made My Own Hell”, também pela Arise Records, lançado no final de 2003.

Actuam no lendário Leyendas del Rock em 2012 e um ano mais tarde o seu terceiro álbum vê a luz do dia, com o título “Shadows of Combat”.

Chegamos a 2017 e surge um contrato com uma nova editora, a Fighter Records, que remasteriza e reedita “Fight to the End” (’02) e “I Made my Own Hell” (’03) num cd duplo, com um extra de 5 temas.

Em maio, o EP “Old King´s Visions” surge como adiantamento do álbum “Against All Kings”, cujo lançamento é em novembro desse mesmo ano pela Fighter Records e pela RRR no Japão. Paralelamente à tournée de apresentação de “Against All Kings”, que entre 2018 e 2019 soma 42 concertos (Espanha, Rússia, Japão, França e Holanda), a Fighter Records continua a reeditar os álbuns dos Vhäldemar: em 2018 reedita “Shadows Of Combat” e em 2019 “Metal Of The World”.

A actividade da banda é incessante e o seu nome está em todos os grandes cartazes de festivais como Resurrection Fest, Leyendas Del Rock, Z Live, Atalaya Rock Fest, Metal Norte, Galia Metal Fest, Dimetal…

Em abril de 2020, “Hell Is On Fire” é apresentado como primeiro single daquele que será o sexto trabalho dos Vhäldemar, o disco “Straight to Hell”, lançado em outubro do mesmo ano. O tema escolhido para o videoclip de apresentação do álbum foi “Death to the Wizard”, filmado em Burgos, na região de Leão e Castela

DISCOGRAFIA

2001 – Demo

2002 – Fight to the End – LP

2003 – Arise Records – Split

2003 – I Made My Own Hell – LP

2010 – Metal of the World – LP

2013 – Shadows of Combat – LP

2017 – Fight to the End + I Made My Own Hell – reedição

2017 – Old King’s Vision – EP

2017 – Against All Kings – LP

2020 – Hell Is on Fire – Single

2020 Afterlife – Single

2020 – Straight to Hell – LP

FORMAÇÃO:

Carlos Escudero – Voz

Pedro J. Monge – Guitarra

Raúl Serrano – Baixo

Jandro – Bateria

Jonkol Tera – Teclas

Rosa Soares
28.02.2022

Contratiempos # 9 | Vhäldemar

Contratiempos |