Views

Alma Mater Records
Fevereiro 2022

Luís Rato

Quarto álbum de originais desta banda formada em Lisboa no ano de 2004, que regressam aos discos depois do ”The Third Crusade” de 2014. E que regresso!

A estética musical continua pelo doom/stoner metal pesadíssimo, com seis malhas e a intro “A Farewell to Hope”. Após esta bela entrada, os Dawnrider levam-nos para uma viagem onde se cruzam todos os elementos deste subgénero: músicas longas, riffs repetitivos, mas sempre cativantes e envolventes, acima de tudo bom som e muito bom gosto. Com músicos com bastante rodagem que provam, que no nosso Portugal a qualidade está em alta e recomenda-se, é o disco ideal para quem gosta de Black Sabbath, Pentagram, Candlemass, Cathedral, Electric Wizard, Saint Vitus, Lucifer, etc. Este “The Fourth Dawn” não fica em nada a dever ao que por esse mundo fora se faz neste estilo.

Resta dizer que eles vão continuar a promover este trabalho ao vivo por isso é estarem atentos, serão boas oportunidades de ver o seu potencial ao vivo, que de certeza não irá dececionar…

Dawnrider – “The Fourth Dawn”

Discos |