Views

EP
Edição de Autor
Julho 2021

Rosa Soares

Sons electrónicos, quase dançáveis em alguns momentos, acompanhados de elementos vocais típicos do black metal, fazem com que a surpresa e a curiosidade se apoderem de nós quando começamos a ouvir este “The Future” de Spiralist, composto apenas por dois temas: “Deus Ex-Machina”, que intercala um ritmo alucinante e uma voz dilacerante com as tais sonoridades electrónicas, e “Apocalypse Song”, tema que tem na sua origem o projecto com o mesmo nome, dos The Armed, disponibilizado online para quem o queira terminar, adaptar ou usar, tal como foi aqui executado.

Com “The Future”, somos confrontados com uma Spiralist completamente distinta do seu passado que pela primeira vez se apresenta com mais elementos para além do seu mentor, Bruno Costa. Apesar de o Bruno continuar a ser O Spiralist, “The Future” conta com a bateria de José Soares em “Deus Ex Machina”, e com a guitarra de Benjamim Gomes em “Apocalypse Song”, na qual participa também Daniel Sampaio. “The Future” é algo muto diferente do que se tem ouvido e produzido por cá, que nos conduz numa alucinante viagem, tensa e ansiosa, que se grita e liberta ao longo das duas faixas. Black metal e electrónica conjugam-se para criar uma sonoridade que prima pela diferença, ousadia e capacidade de nos despertar os sentidos.

Editado apenas em K7, ficamos à espera de algo mais, seja de um álbum de longa-duração como quiçá de uma reedição desta demo num outro qualquer formato. O que temos aqui é uma excelente estreia, num género muito pouco usual em Portugal, que nos deixa com água na boca naquele que pessoalmente é o projeto do 7 Peles que mais me atraiu até à data.

Spiralist – “The Future EP”

Discos |