Banner Top

“Chapter I – Darkness, Tears and Self-Destruction” é o primeiro single do EP “Chapters of Transmutation” dos portugueses Rotten Coffin. Este grupo, originário do Funchal (ilha da Madeira), editou em 2022 o seu álbum de estreia “The Agony of Slumber” e o regresso está agendado para Agosto de 2024 pela Escaravelho Records. O disco sairá numa edição limitada a 200 unidades.

A banda é formada pelos instrumentistas Zé Rodrigues e Guilherme Abreu e pelo vocalista russo Devourer. A bateria deste disco foi gravado por Diogo Mota (Gaerea).  “Chapters of Transmutation” reúne 5 faixas, das quais duas instrumentais (intro e outro).

Este primeiro single foi composto por Guilherme Abreu com inspiração no cinema de terror e sci-fi dos 70/80. Quanto ao EP, a banda refere que, “é uma explosão de brutalidade e intensidade que mergulha o ouvinte nas profundezas do death metal old school, mas com uma produção “moderna” que realça cada nuance sonora. Procuramos atingir uma fusão entre a essência crua e visceral do género dos anos 80/90 e a clareza e potência de uma produção atual. O EP abre e fecha com temas instrumentais (intro e outro) que estabelecem uma atmosfera sombria e enigmática, preparando o terreno para o assalto auditivo que se segue. As três faixas centrais, tal como temos feito desde a nossa demo, são um vendaval de riffs cortantes, vocais guturais e uma energia implacável, capturando a alma do death metal dos anos 90, mas com uma nitidez e força renovadas.

Este disco conta com a bateria de Diogo Mota dos Gaerea. Para os Rotten Coffin, “a sua precisão e técnica apurada são a espinha dorsal deste EP, impulsionando cada faixa com uma intensidade e uma dinâmica impressionantes. A sua performance é verdadeiramente magistral, elevando a ferocidade das músicas a um novo patamar. Para nós, “Chapters of Transmutation” é uma experiência sonora arrebatadora que honra as raízes do death metal e que esperamos que fique marcada na memória de todos os amantes da música extrema.”