Banner Top

Os Basalto anunciaram hoje o seu capítulo final. Após 9 anos de carreira, quatro álbuns e um EP a banda viseense dá por encerrada a sua atividade.

Declarações da banda:

“É com todo e respeito por quem nos acompanhou como banda que anunciamos a nossa paragem.

Já lá vão cerca de três meses que tomamos esta decisão, mas queríamos fazê-lo da melhor forma, deixando-vos o nosso mais recente material composto. Foi possivelmente a decisão mais difícil como banda até hoje, sempre encarámos este projeto como uma lufada de ar fresco nas nossas vidas, de exploração, de novos caminhos, de não repetição do mesmo álbum e como é óbvio, o passar dos anos traz esse mesmo desgaste da dificuldade de novos caminhos.

“Mágoa” é o nosso último “grito de guerra” em favor da música e daquilo que nós os três sentimos e criámos juntos, nós os três, como irmãos, mais uma vez, gravado em live take.

Foram 9 anos intensos, 4 álbuns e 2 eps, muitos kms de estrada, muitas horas de desgaste, muito esforço e dedicação. Conseguimos alcançar pequenas metas que não estávamos à espera, como tocar nos principais festivais do nosso país, as melhores salas de norte a sul, algumas zonas de Espanha e partilhar palco com tanta banda interessante.”

Fiquem com “Mágoa”, o último registo dos Basalto, dividido nos Capítulos XXVII, XXVIII e XXIX.

Apesar deste fim, a banda salienta que o Doomed Fest, organizado pelos Basalto, continuará as suas edições enquanto acharem que traz algo de novo à sua cidade de Viseu. Para além disso, o ponto final no nome Basalto não invalida outros projetos onde estão envolvidos em conjunto, como por exemplo os Tvmvlo, ou novos que possam surgir.