Banner Top

Serrabulho – “Piss & Love”

 

Data: Junho/2024

Edição: Rotten Roll Rex

Formato: Álbum

O novo álbum dos Serrabulho, “Piss & Love”, realmente eleva a fasquia no cenário do grindcore. Este trabalho destaca-se pela inclusão de uma variedade de instrumentos e sonoridades que não são comuns no metal tradicional. A banda consegue integrar esses elementos de maneira que parecem fluir com naturalidade e coesão, criando uma experiência auditiva surpreendentemente desconcertante. Descrever a complexidade e a originalidade deste disco em palavras pode ser uma tarefa ingrata, pois a experiência de ouvir o álbum vai além do que qualquer descrição pode capturar. O que fica claro é que os Serrabulho continuam a desafiar as normas do género e a expandir os limites do grindcore com a sua criatividade e talento indiscutíveis.

Ao longo do álbum é evidente a capacidade de composição da banda que mostra aqui estar no seu auge. A mistura de estilos e a inovação nas escolhas instrumentais provam a maturidade musical dos Serrabulho. Cada faixa apresenta algo único, mas ao mesmo tempo, mantém a identidade da banda intacta, o que é um feito notável. Desde a “Erosvision” à “Hardcore Love” encontramos verdadeiras pérolas de insanidade musical como a “Grind e Grossa” (com uma toada punk), a “I’m Proud to be a Cow” (influenciada por uma música da Rua Sésamo), a desconcertante “Break for Pee” ou a “Anal La La La Long” onde há tanta coisa a acontecer ao mesmo tempo que nos deixa “abananados”.

Os Serrabulho conseguiram reunir uma coleção de faixas que não só mantêm a energia característica da banda, mas também mostram uma evolução na complexidade e na dinâmica das suas composições. Cada música parece meticulosamente construída para capturar a essência do grindcore, ao mesmo tempo que incorpora elementos inesperados que mantêm o ouvinte constantemente surpreendido.

A produção do álbum merece destaque especial. A clareza e o equilíbrio dos diferentes elementos sonoros permitem que cada detalhe seja apreciado, desde os riffs rápidos e pesados até às partes mais técnicas e intrincadas. É evidente que houve um cuidado extremo na mistura e masterização, garantindo que a potência e a brutalidade das músicas não sejam sacrificadas em prol da qualidade sonora.

Em suma, “Piss & Love” não só cumpre as expectativas dos fãs de longa data dos Serrabulho, mas também tem o potencial de atrair novos ouvintes para o mundo frenético e caótico do grindcore. A banda conseguiu um feito notável ao criar um álbum que é simultaneamente fiel às suas raízes e inovador no seu alcance.

E com isto temos a garantia absoluta de que a festa rija e o bailarico vão continuar sempre a bombar!

LordSir SetePeles

Nota da Review: 8,5
Nota da Equipa: 8,3