Banner Top

Azzaya – “I Begin”

 

Data: Janeiro/2024

Edição: Prophetical Productions

Formato: Álbum

Azzaya é uma banda de black metal nacional criada no ano de 2021. Desde então já editaram um single, dois splits e um álbum. Este “I begin” é o seu segundo longa duração, lançado a 12 de janeiro, em formato digital e em CD, pela obscura editora nacional Prophetical Productions.

Em “I begin” os Azzaya fazem uma incursão profunda pelo reino das trevas e satanismo, com este álbum a ser como uma descida vertiginosa ao abismo de sonoridades infernais, onde os acordes demoníacos se misturam aos uivos de almas condenadas.

Desde o primeiro acorde, o ouvinte é transportado para um mundo de escuridão e desespero, onde as guitarras rugem como bestas famintas e os tambores ressoam como os passos de uma legião de demónios destruindo tudo a sua passagem. Os vocais, ora urrados em tons guturais, ora proclamados em tons sombrios, ecoam como os lamentos de criaturas que perderam toda a esperança.

Não te deixes enganar, este não é apenas mais um álbum de metal satânico genérico. Azzaya traz uma abordagem, não diria única para o gênero, mas bastante criativa e cativante, incorporando elementos nas composições, como por exemplo interlúdios de guitarra acustica. Os riffs quase sempre rápidos e sinistros, por momentos são entrelaçados com melodias que evocam imagens de horizontes misteriosos, criando uma atmosfera que é ao mesmo tempo assustadora e fascinante.

“I Begin” é um álbum que desafia as convenções do black metal, empurrando os limites do gênero, pisando por vezes territórios sombrios de podridão mais caracteristicos do death metal. Em suma, ouvir “I Begin” é uma experiência auditiva que te vai deixar arrepiado da cabeça aos pés, enquanto te transporta para os recantos mais profundos e retorcidos da mente humana.

Então, se estás pronto para embarcar numa jornada até aos confins do inferno, carrega no play e prepara-te para uma experiência que te vai deixar marcado para sempre. Só não te esqueças de acender algumas velas negras e riscar um pentagrama no chão antes do ritual.

Para uma melhor e mais profunda experiência auditiva é aconselhável a audição em total silêncio na total escuridão!

Infelizmente este é um álbum que aparentemente passou ao lado da maioria, mas não desesperes afinal ainda existe uma réstia de esperança, uma ténue luz no fundo do túnel que te pode conduzir a escuridão eterna, não comas outra vez arroz, abre os horizontes e arrisca uma escutada nesta obra, negra e poderosa.

LordSir SetePeles

Nota da Review: 8,5
Nota da Equipa: 7,4